São, Salvo.

Mês: outubro, 2011

Escape

.

É porque tinha que ser que a gente não escapa

Tudo que levanta do chão aterra o alto

Peneira do que é ouro, do que é viaduto, é carro

Aí que coisa, aqui ar

.

Anúncios

Sopro

.

Carpinteiro do meu corpo inteiro

São tatuagens, por um vento

As palavras do mundo em minha boca

e todo o tempo na minha cara

.